Case Desafio Smart Hero: um jogo digital desenvolvido para uma experiência de team building!

Que os games e o gamefication são tendências em Educação Corporativa, todo mundo sabe. Mas, já pensou em ir muito além do tradicional e inserir experiências com jogos digitais no contexto das vivências de team building? Desembarcamos no Amazonas para mostrar que isso é possível!

Aqui na LUDO Thinking nós não temos medo de inovar em experiências de aprendizagem e queremos dividir com vocês no post de hoje, um pouco sobre a nossa última entrega: um app, ou seja, uma ferramenta digital para treinamento de equipes.

O desafio do projeto foi bem claro: engajar cinco mil pessoas, no contexto de um game que mesclasse competição e cooperação, além de exercitar conteúdos relativos ao programa de compliance da organização.

Depois de alguns estudos, rabiscos e testes, nasceu o Desafio Smart Hero, um game digital que reuniu todas as características citadas antes e adequado ao uso em um treinamento interativo de team building com um público de cinco mil pessoas!

O resultado do jogo foi uma experiência de aprendizagem engajadora, animada e que propiciou a criação de um mindset colaboração, alinhamento de metas e a visualização da perspectiva “nós” enquanto membros da comunidade organizacional. Para vencer, os participantes precisaram testar seus conhecimentos, trabalhar em equipe, alinhar estratégias, analisar probabilidades, fazer alianças com outros jogadores e puderam compreender que é preciso saber jogar em equipe para vencer, principalmente no mundo corporativo.

E por que investir em uma experiência digital em um contexto dominado por experiências analógicas, como as ações de team building? Hoje, são os jogos eletrônicos que tomam conta do mercado. Para se ter ideia, o Brasil é o quarto maior mercado de jogos digitais, com 35 milhões de usuários, segundo levantamento da Newzoo. As gerações Y, Z e os Milleniuns, já nasceram conectados com a internet, inseridos nos smartphones, redes sociais, apps e milhares de recursos tecnológicos. E foi com essa nova geração que surgiu o conceito de gamification no mundo corporativo e a inserção dos games em treinamentos como forma de tornar as experiências mais engajadoras e eficazes.

Você pode estar se perguntando: e por que os games geram melhores resultados se comparados a metodologias tradicionais? A resposta é a seguinte: tudo no jogo é diferente. A cada etapa o usuário tem um resultado, uma pontuação, uma conquista, uma insígnia. Com isso, é possível saber onde ele acertou e onde deve melhorar. Dessa forma, o processo de aprendizado é acelerado e o treinamento se torna contínuo, se tornando ainda uma atividade auto motivada.

O livro brasileiro Gamification Inc. conta que 25% da riqueza global atual foi gerada por “pessoas que cresceram pulando cogumelos, combatendo monstros para salvar princesas e conduzindo bólidos surrealistas em troca de vidas extras”. No contexto dos games fornecemos o estímulo ao protagonismo, através de avatares e situações permitem a reflexão da vida cotidiana. No entanto, tudo isso ocorre através do elemento lúdico, de uma forma leve, dinâmica e didática.

Aplicamos aqui o conceito de edutainement, tão usado hoje por corporações inovadoras como a Walt Disney Company. Edutainement, significa gerar conteúdo que ensine e, ao mesmo tempo, seja capaz de entreter. É um complexo exercício de levar elementos do mercado de entretenimento para o treinamento. E é isso, que nós criamos na LUDO Thinking: práticas de aprendizagem com conteúdo e que sejam ao mesmo tempo prazerosas.

Afinal, temos que admitir que as ações de desenvolvimento concorrem hoje com vários outros recursos de fácil acesso, como as redes sociais, o YouTube e o Pokémon GOPrender a atenção das pessoas com uma apresentação de Power Point e outras técnicas ultrapassadas já não funciona muito bem. A ideia é exatamente não remar contra os smartphones e transformação tecnológica, e sim aliar as ferramentas digitais ao contexto dos treinamentos de forma inteligente, tornando as ações de desenvolvimento cada vez mais interessantes.

Até a próxima!

 

Deixe uma resposta